BLOG
Como Filtrar o Tráfego do Google Analytics

Como Remover as Páginas de Preview do WordPress do Google Analytics

 

Olá pessoal! 🙂

Você é iniciante no uso do Google Analytics?

Começou a trabalhar a pouco tempo com esta ferramenta e de repente descobriu que ela monitora todo o tipo de tráfego do seu site?

Até mesmo o seu próprio tráfego de preview do wordpress?

Infelizmente isto torna-se um grande problema quando você tiver que entregar um relatório. Isto porque ele acaba distorcendo as informações.

Desta maneira, acabará tendo sérios problemas com a integridade de seus dados.  Especialmente para sites com pouco tráfego, se você estiver rastreando páginas de pré-visualização do WordPress junto com as demais.

Por exemplo: Se no seu relatório não retirar o tempo em que você permaneceu em suas páginas de preview, acabará sendo somado ao tempo gasto com tempo em que os visitantes reais visitaram sua página. Ocorrendo uma falha na informação real sobre tempo de engajamento do seu site.

Então fique esperto!

Se você está tendo este tipo de problema, calma não se desespere. Continue lendo o nosso artigo! 🙂

Eu prometo que até final você ficará livre deste incômodo!

 

O Google Analytics por padrão mede todo o tráfego do WordPress. Este tráfego pode ser vindo de visitantes reais, robôs, editores e administradores do seu site. Este é todo o tipo de tráfego que ele monitora. Até mesmo quando você está pré-visualizando a sua publicação. Não fazendo distinção alguma do tipo de visualização.

O Google Analytics foi desenvolvido para controlar todo o tráfego e as estatísticas toda vez que ele é carregado.

Todas as informações a respeito das pré-visualizações de seus posts não tem nenhuma importância para o seu trabalho. Você não irá utilizá-las para nada.

Para corrigir este problema, você precisará criar um filtro dentro da ferramenta para excluir os dados derivados das páginas de pré-visualização.

 

Como Filtrar Trafego do Google Analytics

 

1 – Por Quê o Google Analytics Monitora Este Tráfego?

Você deve estar se perguntando. Por que o Google Analytics não pode excluir todo o tráfego de administração do WordPress por padrão? A razão é muito simples. O script do Google Analytics é carregado sempre que o seu tema do WordPress é carregado. Ao visualizar uma publicação, o WordPress carrega o tema ativo. Isto inclui todos os seus arquivos. Como cabeçalho, rodapé, CSS, imagens etc.

O snippet de código do Google Analytics é carregado a partir do arquivo de cabeçalho do WordPress. Ao visualizar uma postagem, o WordPress carrega o tema ativo para mostrar exatamente como a postagem aparecerá antes de clicar em publicar. Assim, todo os arquivos em CSS, imagens e scripts estarão lá. Incluindo o código do Google Analytics.

Você está conseguindo entender? Um administrador ou um editor deseja visualizar uma publicação. Ele quer ver exatamente o que os seus visitantes verão antes de publicar. É por isso que todas as páginas de pré-visualizações do WordPress contam como uma visita e uma exibição de página para o Google Analytics.

É bem fácil de excluir este tráfego de administração do WordPress. Tudo o que você precisa fazer é criar um filtro exclusivo. O Google Analytics até permite visualizar o filtro.

 

 

2 – Criando Filtro Google Analytics Custom Para WordPress Admin

Antes de criar qualquer filtro, você deve criar uma nova Visão dentro de sua propriedade analítica. Isso cria um conjunto de dados duplicados no Google Analytics para você testar; Se algo der errado e seus dados ficam ferrados, você ainda terá a visão original para se referir com todos os dados anteriores. Para criar uma nova visualização:

  1. Faça o log-in em sua conta do Google Analytics
  2. No menu lateral esquerdo Clique em Administrador.
  3. Na terceira coluna Vista de Propriedade clique cliquem em Todos Dados do WebSite.
  4. Selecione Criar Nova Vista de propriedade.
  5. Na caixa de texto digite um nome para sua nova vista de propriedade.
  6.  Escolha um dus horário para seus relatórios.
  7. Clique no botão criar vista de propriedade para salvá-la.

Certifique-se de que os dois drop-downs à esquerda estão configurados para a conta e propriedade apropriada para o seu site.

No menu suspenso Exibir, selecione Criar nova visualização. Dê um nome significativo como “Teste de filtro” e defina suas configurações de fuso horário conforme necessário.

Finalmente, clique em Criar Exibição.

Depois de ter criado sua nova visualização, volte para a tela Admin e verifique se sua exibição de teste está selecionada na coluna da extrema direita. Agora, criaremos o filtro para remover as páginas de visualização:

Captura de tela da tela de criação de filtro

Clique na imagem para ampliar.

Clique em Filtros na coluna Exibir e, em seguida, clique no botão + NOVO FILTRO.

Dê ao seu filtro um nome significativo como “Excluir o tráfego de visualização”.

Para Tipo de filtro, selecione o botão de opção Filtro personalizado.

Deixe o próximo botão de opção em Excluir, que deve ser a escolha padrão.

No menu suspenso Campo Filtro, selecione Solicitar URI.

No campo de texto Padrão de filtro, digite preview = true

(A razão pela qual estamos entrando neste texto é que ele está incluído no endereço de cada página de pré-visualização do WordPress!)

Clique em Salvar.

  1. Selected your website
  2. Click on Admin
  3. Under the View menu select Filters
  4. Create New Filter
  5. Type the name of the new filter. eg WPAdmin
  6. Select Custom
  7. Exclude Request URI
  8. In Filter pattern type: preview=true
  9. Verifique este filtro.

3- Como Testar o Filtro do Google Analytics?

Como Filtrar Tráfego Google Analytics

Como Filtrar Tráfego Google Analytics

Para testar se o seu novo filtro está funcionando corretamente, é muito fácil.  Você poderá utilizar o recurso de relatório em tempo real do Google para verificar seu trabalho. After you saved the new exclude WordPress admin traffic filter go back to Google Analytics. Clique no menu lateral esquerdo em TEMPO REAL.

Faça log-in no seu site WordPress e escreva um novo post para teste. Não publique-o. Apenas clique em pré-visualizar.

Now go back to Google Analytics Real-Time stats. You should see no activity based on the preview post URL. Nothing at all. The new WPAdmin filter for excluding traffic is now working.

Will Google Analytics New Exclude Traffic Filter Slow Down WordPress?

Absolutely not. What happens in Google Analytics, stays in Google Analytics. WordPress performance and speed will stay intact. The new filter is something for Google servers and algorithms to take into account. It doesn’t affect WordPress performance at all. Your site will load as fast as it did before.

 

 

 

Comece por abrir o painel de WordPress do seu site, abrindo uma postagem no modo de edição e depois visualizando-a.

Em uma nova guia, abra o Google Analytics e vá para Relatórios para sua visualização original e não filtrada (lembre-se de como fizemos uma duplicação?).

Clique em Tempo real na navegação à esquerda e, em seguida, selecione Visão geral. Se você é um site de baixo tráfego, você deve ver sua página de visualização na lista Top Active Pages. (Se você é um site de tráfego mais alto, talvez seja necessário verificar a lista em Tempo Real> Conteúdo para encontrar sua página de visualização).

Depois de confirmar que a sua visualização não filtrada está gravando sua página de visualização, clique no nome da visualização no canto superior direito da janela e mude para sua exibição filtrada.

A página deve recarregar a Visão geral em tempo real e, se o seu filtro estiver funcionando corretamente, você verá todas as mesmas páginas ativas, exceto uma … não deve haver uma página de visualização!

 

Se você quiser saber mais a respeito sobre o Google Analytics, eu recomendo o Google Analytics Academy, do Google. Lá você poderá tirar sua certificação gratuita.

Avaliação
Data da Análise
Item da Avaliação
Google Analytics
Classificação do Autor
51star1star1star1star1star
Andrius Rocha

Andrius Rocha

32 anos Técnico em Informática. Sou graduando em Gestão de Marketing. Gosto de praticar esportes e rock and roll.
Andrius Rocha

Leia também:

1 responder

Deixe uma resposta

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *